segunda-feira, 10 de maio de 2010

Da distância

Tenho pensado no significado da distância entre nós.

Ela é perfeita. Pra você e pra mim.

Não me assumo, nem a mim, muito menos assumo o que sinto por você!
Assim, a distância mantem o controle,
não deixa eu me perder,
me impede de gritar pro mundo a intensidade de... de tudo isso.

Você e sua suposta autosuficiência,
a distância também mantem.
Perto de mim, talvez, se tornaria frágil...
Já assumiu que acertei quanto aos seus medos.
Não custaria, pra mim, identificar o vulnerabilidade atrás desses olhos...

Seus olhos!
Meu maior pesar da distância
é não vê-los além do plano virtual escuro.
Sentindo seu hálito
eu costumo fugir deles...
Medo.

Tenho medo de me entregar e acabar.
Pelo menos assim, a gente se mantem.
Distante.
Mas se mantem...

Eu te acordo e você cuida de mim.
Eu te faço rir...e você, ah...você faz por mim, e comigo,
coisas que nem eu mesma saberia descrever!

Nenhum comentário: