quarta-feira, 13 de julho de 2016

...


Parece
que me alimento
do inconcluso.

Esquece.
Eu nunca fui
o que pensava ser.

Aquece
esse pé gelado
num caminho obtuso.

Fenece
a vontade de plantar
e fazer crescer.

Parece que é amor
mas, esquece.
Aquece um sorriso torto
num relacionamento morto
onde o amor fenece.

Nenhum comentário: